Logo Assobrav

Marcas premium mais vendidas - Mercedes é novamente a líder global

Data 22/01/2018

Por:  Thiago Parísio, Analista de Mercado





Confira também os resultados de BMW, Audi, Lexus, Volvo, Land Rover, Cadillac, MINI, Porsche e Jaguar em 2017

Confira como foram as vendas das marcas premium em 2017, no mundo e no Brasil. 

Mercedes-Benz

Em seu sétimo ano consecutivo de recorde de vendas, a Mercedes-Benz manteve o posto, reconquistado em 2016 após 12 anos seguidos de posse da arquirrival BMW, de líder global do mercado premium. Foram 2.289.344 veículos novos comercializados, 9,9% a mais do que no ano anterior.

Além da liderança global, a Mercedes ainda foi a preferida em mercados como Alemanha, Reino Unido, França, Portugal, Coreia do Sul, Japão, México, Brasil e EUA. Neste último, mesmo recuando 0,9% no período, superou novamente a barreira das 300 mil unidades 337.246.

Na China, maior mercado para a marca, as 587.868 unidades comercializadas representaram um avanço de quase 26%. Já na Alemanha 303.528 o crescimento foi bem menor +3,5%. Com 955.301 unidades +6,4%, manteve a liderança no continente europeu.

Mercedes C300 Sport

O Classe C versões sedã e station foi novamente o carro-chefe da Mercedes, com mais de 415 mil unidades. Mesmo com leve baixa pelo último ano de mercado do atual Classe A, a linha de compactos A, B, CLA e GLA respondeu por mais de 620 mil unidades. Em seu primeiro ano completo, o novo Classe E vendeu mais de 350 mil unidades +40%. Top da marca e reestilizado em 2017, o Classe S emplacou mais de 70 mil unidades.

Respondendo por mais de 1/3 das vendas totais da marca 805 mil unidades, os SUVs cresceram 14%. Já os coupés, roadsters e cabriolets responderam por aproximadamente 170 mil unidades +22,4%. No ano em que comemorou 50 anos de atividades, a AMG, grife esportiva da marca, ultrapassou pela primeira vez a casa das 100 mil unidades comercializadas 131.970, um incremento de 33%.

BMW

Líder global entre 2005 e 2015, a BMW encerrou 2017 em alta. Pelo segundo ano consecutivo emplacando mais de dois milhões de veículos vendidos 2.088.283, a marca de Munique ampliou em 4,2% o total registrado em 2016.

A linha de utilitários da família X X1, X3, X4, X5 e X6 cresceu quase 10%, mesmo com o início das vendas da nova geração do X3 apenas no último trimestre. O Série 5, com 291.856 unidades, avançou 6,3% - menos, no entanto, do que os 14,7% do Série 1 201.968. Top da marca, o Série 7 64.311 também teve um ano positivo +4,5%.

BMW X1

O grande destaque entre os modelos, no entanto, foram os elétricos. Após emplacar aproximadamente 62 mil unidades em 2016, a BMW atingiu a expressiva marca de 103.080 unidades, dos quais 31.482 unidades representadas pelo i3 +23,3%.

Audi

Terceira colocada pelo terceiro ano seguido, a Audi foi, dentre as alemãs, a que menos cresceu. No ano passado, a marca de Ingolstadt foi a preferida por 1.878.100 consumidores, apenas 0,6% a mais do que em 2016 1.867.738.

Na China, seu maior mercado, a Audi emplacou 597.866 unidades +1,1% e manteve o posto de premium nº 1 por lá. Vale ressaltar, no entanto, que a marca teve problemas comerciais com seus distribuidores na 1ª metade do ano, o que prejudicou um avanço maior.

Audi Q5 x Volvo XC60

Já nos EUA, motivos para comemorar. Além de emplacar 226.511 unidades e crescer quase 8%, a marca foi aquela que mais avançou dentre as suas maiores rivais. Em sua terra natal, a Audi registrou 294.544 unidades +0,4% – na Europa, onde liderou até 2015, foram 860.600 unidades +0,4%.

Por modelos, a linha de SUVs/crossovers Q foi o grande destaque, com quase 690 mil unidades vendidas, das quais 281.850 unidades apenas do Q5. O novato Q2, por sua vez, foi o preferido no Velho Continente.

Lexus

Os resultados globais da Lexus em 2017 ainda não foram oficialmente divulgados, mas pelos números apresentados no 1º semestre 305.169 unidades, 4,4% a menos do que no mesmo período de 2016 a japonesa deverá manter o posto de melhor “não-alemã” da lista.

Lexus NX200t

Em 2016, a marca emplacou 677.615 unidades. Se a retração na casa dos 4% for mantida, a Lexus deverá apresentar um resultado na faixa das 650 mil unidades. Os EUA permanecem como o seu mercado mais importante, respondendo por praticamente 50% do total.

Volvo

Pelo quarto ano consecutivo a Volvo registrou recorde de vendas. Em 2017, a sueca emplacou 571.577 veículos novos, 7% acima do registrado em 2016. Maior mercado do mundo, a China foi a grande responsável pelo sucesso da marca.

Por lá, a Volvo emplacou praticamente 20% de toda a sua produção 114.410, crescendo 25,8% em relação ao mesmo período do ano anterior. Nos EUA 81.504, no entanto, as vendas caíram 1,5%. Em seu país natal, após um 2016 de baixa, os números foram positivos em 5,9%, com 74.397 unidades.

Audi Q5 x Volvo XC60

O campeão de vendas foi novamente o XC60. O sedã S90 também teve um ano com números positivos. Para 2018, a expectativa é de que os números totais da marca mantenham a trajetória de alta com o reforço do novo XC40.

Land Rover

A Land Rover chegou ao terceiro ano seguido vendendo mais de 400 mil unidades. Embora com crescimento menor em relação ao registrado de 2015 para 2016, as 442.508 unidades representaram um avanço de 1,8% sobre 2016.

Discovery Sport e Evoque diesel

O lançamento do Velar e a consolidação da linha Discovery, com destaque para a versão Sport 126.078 unidades, foram os grandes catalisadores dos números positivos da marca inglesa.

Cadillac

A mais famosa marca de luxo norte-americana comemorou no ano passado o seu segundo melhor desempenho comercial em 115 anos de história. Foram vendidas 356.467 unidades, um incremento de 15,5% na comparação com o ano anterior.

2017 Cadillac XT5

Deste total, praticamente a metade foi emplacada na China 175.489, onde as vendas da marca cresceram mais de 50% nos últimos 12 meses. Já os EUA, respondendo por 156.440 unidades, viram uma queda de 8%. No resto do mundo 24.538, os números da Cadillac avançaram mais de 10%.

Com 143.905 unidades, o crossover XT5 permaneceu como o produto mais importante. O sedã ATS, por sua vez, manteve a trajetória de alta e encerrou 2017 com crescimento superior a 17%

Mini

A Mini foi outra marca a comemorar recorde de vendas em 2017. Pertencente ao Grupo BMW, a inglesa fechou o ano passado com 371.881 veículos comercializados, 3,2% acima do total de 2016.

Mini Countryman JCW

O grande destaque do ano passado foi o Countryman 84.441, cujas vendas cresceram 30%. Outra contribuição importante veio do Cabrio 33.317, em alta de 12%. Para 2018, todas as apostas estão concentradas no lançamento da nova geração do Mini de 3 e de 5 portas.

Porsche

Maior fabricante mundial de veículos esportivos, a Porsche assegurou em 2017 o seu melhor resultado em todos os tempos. Foram comercializados 246.375 veículos novos, 4% acima do total de 2016. A China foi a grande impulsionadora do resultado da alemã.

Comparativo Jaguar F-Pace x Porsche Macan

Por lá, a Porsche superou as 70 mil unidades 71.508, 10% acima de 2016. Segundo mercado mais importante para a marca, os EUA contribuíram com 55.420 unidades do total +2%. Já na Alemanha 28.317 houve uma retração de 3%.

O Macan permaneceu como best-selller, emplacando mais de 97 mil unidades, mas o destaque do ano foi o novo Panamera, preferido por aproximadamente 28 mil clientes – 83% a mais do que no ano anterior. Praticamente estável, o 911 emplacou aproximadamente 32 mil unidades.

Jaguar

A Jaguar foi a marca premium que mais avançou pelo segundo ano seguido. Com 178.601 unidades vendidas, a inglesa cresceu 20,1% em relação às 148.730 unidades de 2016.

Comparativo Jaguar F-Pace x Porsche Macan

Em seu segundo ano de mercado, o SUV F-Pace foi novamente o modelo mais importante da Jaguar. A introdução do SUV compacto E-Pace deve contribuir para manter a trajetória de alta ao longo de 2018.

NO BRASIL

Terceira colocada em 2016, a Mercedes-Benz 12.472 unidades foi a marca premium nº 1 no país no ano passado com boa vantagem sobre as rivais. Separadas por pouco menos de 300 unidades, BMW 10.165 e Audi 9.910 vieram em seguida. Confira agora um resumo de cada marca em 2017:

Mercedes-Benz

Em 2017: 12.472 unidades, alta de 10,4% 2016: 11.301

Mais vendidos: Classe C 4.883, GLA 3.749 e GLC 888

Destaque: Classe C como premium mais vendido do país pelo 2º ano seguido.

BMW

Em 2017: 10.165 unidades, queda de 14,3% 2016: 11.857

Mais vendidos: X1 4.137, Série 3 3.396 e X5 370

Destaque: X1 best-seller da marca pela 1ª vez.

Audi

Em 2017: 9.910 unidades, queda de 14,6% 2016: 11.599

Mais vendidos: Q3 4.046, A3 Sedan 2.819 e A4 1.072

Destaque: Q3 cada vez mais líder.

Land Rover

Em 2017: 6.476 unidades, queda de 3,2% 2016: 6.688

Mais vendidos: Discovery Sport 2.953, Evoque 1.995 e Range Rover Sport 620

Destaque: Discovery Sport respondendo por quase metade das vendas.

Volvo

Em 2017: 3.493 unidades, alta de 1,1% 2016: 3.454

Mais vendidos: XC60 2.349, XC90 529 e V40 398

Destaque: XC90 à frente do V40.

Mini

Em 2017: 1.587 unidades, alta de 10,6% 2016: 1.435

Mais vendidos: Cooper S 485, Cooper S Countryman 347 e Cooper S 5p 272

Destaque: Versão Countryman cada vez mais próxima da clássica Cooper S.

Porsche

Em 2017: 1.175 unidades, alta de 17,9% 2016: 997

Mais vendidos: Macan 422, Cayenne 309 e 911 207

Destaque: Linha de SUVs representando mais de 60% das vendas da marca.

Jaguar

Em 2017: 1.251 unidades, alta de 59% 2016: 787

Mais vendidos: F-Pace 760, XE / XE S 364, e XF / XF R 97

Destaque: SUV F-Pace líder em seu primeiro ano cheio.

Lexus

Em 2017: 621 unidades, alta de 37,1% 2016: 453

Mais vendidos: NX200t 295, CT200h 229 e ES350 86

Destaque: CT200h praticamente triplicando as vendas.


Fontes: Daimler AG / BMW Group / Volkswagen AG / Lexus / Volvo Cars / Jaguar Land Rover / Cadillac / Abeifa / Fenabrave

Fotos: arquivo Motor1.com e divulgação


Fonte: UOL Carros / Motor1.com

Esta notícia foi marcada em Mercado Automotivo


Veja também as últimas notícias

Compartilhe

Assobrav - Associação Brasileira de Distribuidores Volkswagen - Copyright © 2012 - Todos os direitos reservados
Av. José Maria Whitaker n° 603 - Mirandópolis - São Paulo - SP - CEP: 04057.900 - Fone: (11) - 5078.5400