42,5% de carros blindados pertencem a mulheres

Dados de 2012 mostram evolução de 7,5% em relação ao ano anterior

 
 
 
Autor: da Redação/Foto: Divulgação
 

De acordo com a Associação Brasileira de Blindagem Abrablin, o público feminino foi responsável pela compra de 42,5% dos veículos blindados comercializados no ano passado. O número é 7,5% superior ao de 2011.

O levantamento da entidade diz que as mulheres acima dos 60 anos de idade correspondem a 24,8% deste público, seguidas pela faixa etária de 40 a 49 anos 22,8%, enquanto jovens de 18 a 29 anos representam 20,4% do total. O restante é formado por mulheres de 30 a 39 anos 18,5% e de 50 a 59 anos 13,5%.

Segundo o diretor da empresa de blindagem Concept, Rogério Garrubbo, o número de proprietários de modelos de luxo ainda representam a maior parte da sua clientela. “Das mulheres que procuraram o nosso serviço, muitas são executivas, alcançaram altos postos em grandes empresas ou são empresárias bem sucedidas e, em posse de carros mais luxuosos, acabaram virando consumidoras de blindagem automotiva. Mas há também clientes com carros menos luxuosos, que já se tornaram vítimas da violência urbana e, assustadas, recorreram a essa alternativa de proteção”, explicou Garrubbo.

O mercado de blindagem automotiva também registrou um aumento no último ano. A Abrablin afirma que 8.384 veículos foram blindados em 2012, mostrando um crescimento de 2,7% em comparação com 2011, quando o País já havia batido o recorde no número de carros que receberam este tipo de proteção.

 

Fonte: Carsale