Acura começa a fabricar superesportivo NSX em abril nos EUA

 Cupê de 2 lugares retorna totalmente renovado após aposentadoria em 2005. Híbrido, tem tração integral e entrega 580 cvPor Alessandro ReisA Acura, divisão de luxo da Honda para o mercado norte-americano, anunciou que vai começar a produzir a segunda geração do superesportivo NSX na fábrica de Marysville, Ohio, no fim de abril. As vendas começam em seguida, com preços sugeridos a partir de US$ 157,8 mil cerca de R$ 565,2 mil na conversão direta.A montagem de unidades pré-série já está acontecendo no local. Uma equipe formada por cerca de cem pessoas é responsável por construir o cupê híbrido e são necessárias cerca de 14 horas para finalizar cada unidade, de acordo com a fabricante. Robôs são usados no processo, mas apenas nas tarefas mais complexas, como a soldagem do chassi tubular. A carroceria mescla aço e alumínio.Boa parte da montagem do modelo é feita de forma artesanalBoa tarde da montagem é feita de forma artesanal. O motor V6 3.5 biturbo, por exemplo, é construído manualmente na planta de Anna, Ohio, e a tarefa leva aproximadamente seis horas – para se ter uma ideia, todos os 547 parafusos são apertados à mão.O NSX teve sua versão de produção apresentada há pouco mais de um ano no Salão de Detroit, nos Estados Unidos, depois de aparecer como protótipo em outros salões automotivos, inclusive no de São Paulo, em 2014.O cupê de dois lugares e tração integral é equipado ao todo com quatro motores: dois elétricos no eixo dianteiro e o V6 a gasolina e outro, também elétrico, no traseiro. Combinados, esses propulsores rendem 580 cv de potência. Associados com a transmissão robotizada de dupla embreagem e nove marhcas, os motores permitem uma aceleração de zero a 100 km/h em cerca de três segundos e velocidade máxima acima dos 300 km/h.
Fonte: Auto Estrada