Alemães têm os melhores motores do mundo

Motor 3.8 da Porsche: melhor novidade
As marcas alemãs dominaram a edição deste ano do International Engine of the Year, concurso que aponta os melhores motores lançados no mundo. O grupo Volkswagen venceu em quatro categorias, começando pela vitória do Porsche 3,8 litros com seis cilindros horizontais, escolhido como o melhor entre os novos motores.
O motor VW 1.4 TSI Twincharger, que equipa o Golf, Golf Variant, Scirocco, Eos, Jetta, Touran, Tiguan e Seat Ibiza Cupra, ganhou como “Melhor Motor Verde”, pela economia e baixo índice de emissões, e também foi o melhor da categoria de um a 1,4 litro. O multipremiado Audi 2.0 TFSI, usado nos modelos Audi A4, A5, S3, Q5, VW Scirocco e Golf GTI, mais uma vez foi o melhor na categoria até dois litros de cilindrada.

A BMW levou três prêmios, o primeiro deles compartilhado com o grupo PSA (Citroën-Peugeot), pelo 1.6 Turbo usado no Mini Cooper S, Clubman e, na Europa, nos Peugeots 207 e 308. A marca também ganhou nas categorias de 2,5 a 3 litros e acima de 4 litros.

A Mercedes-Benz empatou com sua arqui-rival com três prêmios, dois deles obtidos pelo poderoso V8 6,2 litros AMG e o terceiro pelo econômico 2.1 diesel usado em seus modelos ecológicamente corretos, Classes E e C BlueEfficiency.

As marcas asiáticas decepcionaram seus fãs, aparecendo pouco entre as finalistas do prêmio. A Honda foi segunda colocada entre os “verdes”, com o híbrido 1.3 utilizado no Insight e no Civic (quarto lugar tambémna categoria 1-1,4 l). A Toyota ficou em segundo na classe entre 1,4-1,8 l com o híbrido 1.8 usado no Prius. As coreanas não figuraram entre as seis primeiras de nenhuma categoria.

Fonte: Auto Estrada