Anfavea comenta chegada da Chery


Automotive Business perguntou a Cledorvino Belini, presidente da Anfavea – associação que reúne as fabricantes de veículos, como interpreta a chegada da Chery, primeira montadora chinesa a se instalar em território nacional. O dirigente foi bastante diplomático ao responder que o mais importante é ter mercado. Com isso garantido, os fabricantes ‘darão um jeito de se organizar’.

Belini acrescentou ainda que a concorrência traz progresso para qualquer segmento. “É muito positivo ter uma nova montadora que chega ao País para concorrer nas mesmas condições de política industrial dos fabricantes locais”, avalia.

Fontes ligadas à Chery confirmaram nesta quinta-feira, 5, que a montadora deve instalar uma fábrica em Jacareí, São Paulo, com um aporte de US$ 700 milhões. Há alguns meses especialistas da companhia estão no País para estudar o mercado local.

Luis Curi, presidente da companhia no Brasil, revelou em palestra no Fórum da Indústria Automobilística, em abril deste ano, que a planta local deve começar combinando a importação de componentes com compras de peças locais. “No primeiro estágio nós não devemos ter estamparia”, adiantou.

A montadora já conversou com o Sindipeças, sindicato dos fabricantes de autopeças, para buscar soluções para a área de suprimentos.

Fonte: Automotive Business