Argentina quer aumentar barreira a carro brasileiro

Novo acordo deve valer a partir de julho

REDAÇÃO AB

Notícia publicada pela Agência Estado, assinada por Renata Veríssimo, regista que a entrada em vigor do livre comércio no setor automotivo entre Brasil e Argentina, previsto para julho de 2013, pode ser adiada novamente. Os argentinos apresentaram ao governo brasileiro uma proposta de revisão do acordo automotivo bilateral e sugerem restrições ao comércio. O ‘Estado’ apurou que o documento que está em análise foi considerado um retrocesso. “A proposta não interessa ao Brasil”, afirmou uma fonte.

Em conversas com representantes do Brasil, o governo argentino já tinha manifestado o interesse em revisar o acordo, mas os detalhes sugeridos no documento entregue ao governo brasileiro nos últimos dias não agradaram. Técnicos preparam uma contraproposta para tentar barrar o ímpeto protecionista da Argentina.

A proposta de Buenos Aires quer aumentar, por exemplo, a exigência de uso de conteúdo argentino e prevê um monitoramento por empresa.

Fonte: Automotive Business