As lições para evitar demissões de pessoal

Enquanto a maioria dos fabricantes de veículos faz cortes profundos na relação de plantas, de pessoal e investimentos, a Toyota destoa. A montadora confirmou o projeto da fábrica de veículos compactos em Sorocaba, SP. Nos Estados Unidos, onde as vendas despencaram, a montadora japonesa procura preservar suas operações e equipes de profissionais com diversos artifícios – entre eles prestar serviços para a comunidade, realizar treinamentos, trabalhar em programas de aperfeiçoamento da qualidade. Esta foi a prática adotada, por exemplo, na fábrica da picape Tundra, também duramente afetada pela queda nas vendas depois de um lançamento considerado bem sucedido. No Brasil, o diretor geral da ArvinMeritor em Limeira, SP, Donald Polk, adotou no final de novembro política semelhante para evitar ou amenizar o corte de pessoal: colocou equipes em férias, estruturou programas especiais, criou projetos de treinamento e aperfeiçoamento pessoal (24 de dezembro).
Fonte: Automotive Business