BMW anuncia grande recall para remover dispositivos de 11 mil veículos

A BMW anunciou nesta semana um recall que terá como principal objetivo retirar um dispositivo instalado nos motores de 11.700 carros da marca, todos eles vendidos na Alemanha. O anúncio foi feito nesta sexta-feira, dia 23 de fevereiro.

BMW anuncia grande recall para remover dispositivos de 11 mil veículos

A ideia é basicamente retirar um programa de computador que acabou sendo apontado, por matérias na imprensa internacional, como responsável por alterar dados de emissão de poluentes, algo semelhante ao que aconteceu com a Volkswagen. Mas oficialmente a montadora afirma que a instalação do dispositivo foi feita “erroneamente” em unidades do Série 7 e do Série 5, anos de 2012 a 2017.

A BMW confirmou que o dispositivo acaba interferindo no sistema de escape, mas afirmou também que a intenção da peça não era trapacear. O anúncio foi feito horas depois de a revista alemã “Der Spiegel” divulgar que a BMW admitiu ao governo alemão ter usado um dispositivo para manipular o sistema de escapamento dos carros a diesel.

A reportagem afirma que a suspeita foi levantada em testes aleatórios do governo com uma das unidades do Série 7. O modelo atualmente pode ser considerado como um dos carros mais luxuosos da marca.

BMW anuncia grande recall para remover dispositivos de 11 mil veículos

A matéria publicada peal revista em questão não especifica como o software que estava instalado no carro funcionava e qual era o seu objetivo, mas diz que ele foi instalado também no Série 5 que tinha motor movido a diesel.

Mais polêmicas

Essa não é a única polêmica que a montadora BMW está envolvida atualmente. A marca também está entre as que foram citadas de financiar testes de poluentes emitidos por motores a diesel com macacos. Em resposta as acusações que foram feitas pela imprensa, a BMW negou ter participado do desenvolvimento dos métodos de estudos, que foram terceirizados junto a uma outra instituição.