BMW considera esportivos M de tração dianteira

    BMW considera esportivos M de tração dianteira

    Quando se fala em BMW M, a primeira coisa que vem à mente é um bólido de alta performance com toda força nas rodas traseiras. Porém, a própria marca alemã já está reconsiderando esse pensamento, mesmo que muitos puristas venham reclamar da decisão. De acordo com o site australiano Car Advice, a empresa quer colocar o logotipo famoso nos modelos de tração dianteira.

    É claro que nessa decisão, os famosos bólidos da BMW M, como M3, M4 ou M5, por exemplo, continuarão do jeito que estão, mas modelos como Série 2 Active Tourer, sua irmã maior, o X1 e mesmo o próximo Série 1, deverão receber variantes de alta performance da divisão esportiva. Mas, com um detalhe importante.

    Frank Van Meel, chefe da BMW M, afirmou que o emblema MX não será empregado neste modelos de tração dianteira original, mesmo que venham a empregar sistema de tração nas quatro rodas. O executivo alemão disse que em realidade os produtos sobre a UKL terão versões esportivas de bom desenho, mas não passarão de “M Performance”.

    BMW considera esportivos M de tração dianteira

    Assim, podemos esperar pelas Séries 1 e 2 M Performance, assim como X1 e X2, por exemplo. No último caso, o produto não tem tração nas quatro rodas, mas isso pode mudar com essa opção. Mas, Meel também avisa: “É o maior desafio [um esportivo de tração dianteira], porque queremos ter um sentimento típico de M, que é mais natural com a tração traseira”.

    Isso poderia ser um indicativo de que a tração nas quatro rodas pode não ser uma exigência dos futuros BMW M Performance sobre a UKL. Quanto ao portfólio, Frank Van Meel expõe as dúvidas que a BMW tem sobre o mercado: “O segmento é grande para nós e, claro, é muito atraente, é o segmento básico para M. A questão é que tipo de M e quais carros desse segmento caberiam.”

    Provavelmente a exclusão inicial nos pensamentos da BMW sobre o assunto é a minivan Série 2 Active Tourer. Como a Daimler não colocou sua divisão AMG para criar originalmente uma B45 AMG, dificilmente a rival bávara faria algo semelhante. O mais provável é que o próximo BMW M140 venha a ter tração dianteira (espera-se que também traseira), assim como um X1 M Performance e o sedã “chinês” M Performance.

    E o motor? Nada foi falado sobre o assunto, mas o atual motor 2.0 TwinPower Turbo tem versão que vai até 262 cavalos. Normalmente são até 231 cavalos nestes modelos UKL. Com uma modificação, eles poderiam alcançar 300 cavalos, provavelmente atendendo ao padrão WLTP, a fim de oferecer uma opção competitiva em relação aos esportivos tradicionais, como Golf R, Civic Type R e Megane RS Trophy, por exemplo.

    [Fonte: Car Advice]

    © Noticias Automotivas. A notícia BMW considera esportivos M de tração dianteira é um conteúdo original do site Notícias Automotivas.