BMW M2 Competition de 410 cv substitui o M2 Coupe

A BMW revelou o M2 Competition, nova versão que substitui o M2 Coupe. O modelo chega com alterações leves no visual em relação ao antecessor, mudanças internas e novo motor com 40 cv extras.

Começando pelo propulsor, agora o M2 Competition usa o mesmo seis cilindros 3.0 biturbo do M3 e M4. Com algumas modificações em relação aos irmãos maiores, rende 410 cv e 56 mkgf de torque. O antigo 3.0 com um turbo simples do M2 Coupe oferecia 370 cv e 47,4 mkgf.

O novo motor pode ser acomplado a um câmbio manual de seis marchas, com o qual acelera de 0 a 100 km/h em 4,4 segundos, ou o automatizado de dupla embreagem e sete marchas, que reduz em 0,2 o tempo. A velocidade máxima é limitada eletronicamente a 250 km/h, mas com o pacote M Driver pode chegar a 280 km/h.

Para atender as necessidades de refrigeração do novo motor, o M2 Competition recebeu o sistema de arrefecimento do Kit Competition do M4. Isso inclui um radiador central, dois laterais e radiador de óleo. Se estiver com a transmissão automatizada, há também o radiador de câmbio.

Sobre o motor, o novo M2 recebeu uma estrutura de fibra de carbono que age como uma barra de torção, aumentando a rigidez na região. A direção eletroidráulica foi recalibrada e o diferencial ativo M foi melhorado. Do M3/M4 também vieram os eixos e as suspensões ganharam itens de alumínio forjado.

Tapa no visual

As mudanças estéticas são leves e quase imperceptíveis. As grades na dianteira são maiores para ajudar na refrigeração, o visual foi levemente modificado com novos para-choques e capas dos retrovisores. As saídas de escape agora são em cromo escuro e trazem aletas para controlar o “volume” do ronco e as rodas de 19″ tem novo desenho.

Por dentro, novos bancos esportivos da divisão M são opcionais. Eles têm o logo iluminado no encosto. A partida é feita por um botão vermelho para evidenciar a esportividade do modelo. O volante esportivo tem botões M para calibrar funções.