BMW quer usar calor e sol para reduzir consumo

A BMW trabalha numa série de novas tecnologias visando a aumentar a eficiência energética e diminuir as emissões de seus veículos. Entre as áreas exploradas, está o uso da energia solar e a recuperação do calor dissipado pelo motor e escapamento.
Os engenheiros da BMW lembram que mesmo os motores mais eficientes só conseguem converter cerca de um terço da energia potencial do combustível em trabalho mecânico. Os dois terços restantes são perdidos em forma de calor que, em tese, poderia ser parcialmente em energia elétrica.

A conversão de calor em eletricidade já foi usada pela NASA em vôos espaciais mas, até agora, não foi utilizada em automóveis. A idéia dos técnicos da BMW é incorporar um conversor termelétrico no escapamento, com capacidade de geração de até 1000 watts. Essa energia pode ser associada à gerada pelo sistema de recuperação de energia nas frenagens, que já é usado em alguns modelos da fábrica, para aumentar a aceleração do veículo, reduzindo o consumo em até 5%.

A BMW também estuda a utilização de painéis solares que, nas condições da Europa Central podem gerar até 200 watts de eletricidade por metro quadrado. Os painéis podem ser instalados no teto ou outras superfícies do carro. Segundo os engenheiros, um quilowatt hora de eletricidade produzida pelo sol pode ajudar a reduzir o consumo de combustível em até 0,3 litros por quilômetro.

Fonte: Auto Estrada