C3 de primeira geração sai de linha na Europa

Modelo foi apresentado em 2002
A virada do ano marcou a entrada em vigor da nova norma de restrição de emissão de poluentes na Europa, a Euro V. E marcou também o fim de vida para a primeira geração do Citroën C3. Por decisão do fabricante, o motor do modelo não foi atualizado e suas vendas foram proibidas no mercado europeu a partir do dia primeiro de janeiro.

Assim como seus defasados concorrentes Renault Clio Campus e Peugeot 206+, o C3 de primeira geração convivia com o novo modelo, se posicionando como opção de entrada. O Renault e o Peugeot, no entanto, tiveram seus motores atualizados e seguem disponíveis nas concessionárias em 2011.

No Brasil, nada muda. O C3 começou a ter sua linha renovada em 2010, com a entrada do Aircross. A mudança total da linha, no entanto, ainda leva alguns anos. Clio Campus e Peugeot 206+ (207 para os brasileiros) seguem em produção sem alterações ou substitutos à vista.

Fábio Almeida

Fonte: Auto Estrada