China prevê queda de 10% nas vendas em 2011

                                             Fim do incentivo estatal à compra é um dos motivos

Após 27 meses consecutivos de crescimento, as vendas na China caíram em abril. E a recessão serviu de alerta para o setor automotivo naquele país. Segundo a agência Bloomberg, especialistas locais já falam em uma redução no volume comercializado em 2011.

De acordo com o presidente do Centro de Pesquisa e Tecnologia Automotiva da China, Zhao Hang, citado pela agência, as vendas de veículos novos no país devem cair cerca de 10% neste ano. O fim dos incentivos estatais para o segmento, alinhado a outros fatores como o aumento nos preços do combustível e o impacto do terremoto japonês em fornecedores de autopeças estrangeiros, será o grande vilão do segmento. Acredita-se ainda que a restrição no licenciamento de veículos imposta pela prefeitura de Pequim seja mais uma variável em favor da queda.

Texto: Matheus Q.Pera
Edição/Revisão: Bruno Vieira

Fonte: Auto Diário