Chinesa Chery vai montar o QQ na Birmânia


Carsale – A fabricante de automóveis chinesa Chery anunciou que vai montar seus carros em Myanmar (antiga Birmânia), em regime CKD (veículos completamente desmontado), a partir de conjuntos de componentes importados do país asiático. A nova planta terá capacidade de produção de 3.000 a 5.000 veículos por ano.

Em março, a montadora começou a vender por lá o seu subcompacto QQ, que foi lançado recentemente no Brasil. A decisão de implantar uma unidade local se deu devido à grande popularidade desse modelo naquele país.

O sudeste da Ásia é um mercado crescente para a Chery. O fabricante de automóveis chinês vende seus veículos na Malásia, Singapura, Filipinas, Tailândia, Indonésia e Vietnã por meio de importações ou plantas industriais.

Com sede em Wuhu, província de Anhui, na China Oriental, a Chery é o maior exportador de veículos de passageiros da China. Nos primeiros quatro meses deste ano, vendeu 198.214 veículos, dos quais 41.443 foram destinados ao exterior.

Fonte: UOL Carros