Chineses podem comprar a Volvo

A Volvo pode parar em mãos chinesas. É o que informa o jornal National Business Daily, da China. A Changan Autmobile demonstrou interesse em adquirir a marca sueca da Ford, que está valiada em US$ 6 bilhões (R$ 14,87 bilhões). O jornal asiático cita como fonte um executivo da Changan. A Changan Automobile já é conhecida do Grupo Ford, pois o Focus sedã produzido na China é fabricado por uma subsidiária da empresa chinesa. Além disso, a Changan é um dos seis maiores grupos do setor automotivo da China (Icarros, 10 de dezembro).

Fonte: Automotive Business