Chrysler aposta no 200C

                                                                                          Imagens Divulgação                           Montadora quer driblar a crise e mostra conceito de sedã com motor elétrico

Ricardo Tadeu

A ordem nos Estados Unidos é reduzir. E isso inclui principalmente as três grandes montadores locais: Chevrolet, Ford e Chrysler, que estão em momentos difíceis. Por isso, a terceira quer se redimir e voltar ao ritmo normal. Para tanto, ela mostra o conceito 200C no Salão de Detroit. Trata-se de um sedã de porte médio com visual totalmente diferente dos atuais modelos da Chrysler, mais compacto e objetivo.

O design lembra um pouco o do Opel Insignia, apresentado pela General Motors no último ano. Os faróis são grandes e trazem iluminação com xenônio. A grade segue o padrão da Chrysler e tem acabamento cromado, assim como parte do parachoque. A lateral é lisa e possui poucos vincos. Na traseira, a forma diferente das lanternas acompanha o design arrojado da tampa do porta-malas, que traz um vinco chamativo. E há mais detalhes cromados nos parachoques.

Por dentro, a tecnologia “verde” fica evidenciada nos bancos. O design lembra algumas plantas, principalmente pelos orifícios, que são feitos em forma de pétalas. O revestimento é branco e no volante ainda há mais acabamento cromado. Entre a farta tecnologia aplicada, destaque para os sistemas de conectividade encontrados no sedã.

Sob o capô há tecnologia híbrida. Ele conta com um propulsor elétrico movido a baterias e um outro a combustão para recarregá-las. São 268 cv de potência e uma autonomia de 650 km, segundo a Chrysler. Além disso, o desempenho também surpreende por se tratar de um veículo elétrico. De acordo com a montadora, ele chega aos 100 km/h em menos de 7 segundos e tem velocidade máxima de 195 km/h.

Fonte: Auto Esporte News