Chrysler do Brasil destaca vantagens na aliança com a Fiat

O diretor geral da Chrysler do Brasil, Philip Derderian, assina nota à imprensa assegurando que as operações da importadora prosseguem normalmente no país. A empresa, que anunciou uma aliança com a Fiat, possui 32 pontos de venda e assistência técnica para os veículos Chrysler, Dodge e Jeep.

“Nosso objetivo é preservar a qualidade no atendimento aos clientes, que podem contar com nossos serviços de reposição de peças, realização da revisão nos veículos e o cumprimento de todas as garantias”, esclarece Derderian.

Entre os mais recentes lançamentos da Chrysler no Brasil estão o Jeep Grand Cherokee com motor 3,0 litros turbodiesel e o crossover Dodge Journey. Os dois produtos somaram 539 unidades emplacadas de janeiro a abril.

As marcas Chrysler, Dodge e Jeep venderam no país, no primeiro quadrimestre deste ano, 1.376 unidades. O Brasil continua com destaque nos resultados de vendas do Grupo Chrysler na América Latina, posicionado somente atrás da Venezuela, única que possui planta produtiva no Cone Sul.

Com 12.315 unidades comercializadas no primeiro trimestre deste ano, as operações da Chrysler no mercado latino-americano cresceram 6,9% sobre o mesmo período do ano passado.

Derderian entende que o acordo com a Fiat ‘possibilitará à Chrysler melhor servir seus clientes e concessionários com uma maior e mais competitiva linha de produtos de alta qualidade, amigáveis ao meio-ambiente e eficientes no consumo de combustível’.

Fonte: Automotive Business