Chrysler fará refinanciamento de US$ 7,5 bi para quitar dívida


Publicidade
DA FRANCE PRESSE, EM NOVA YORK

A fabricante de automóveis americana Chrysler anunciou nesta quinta-feira que fechou uma operação de refinanciamento de US$ 7,5 bilhões, o que lhe permitirá devolver os empréstimos concedidos pelos governos de Canadá e Estados Unidos.

Para isso, a Chrysler prevê a emissão de US$ 1,5 bilhão em obrigações com prazo até 2019, e US$ 1,7 bilhão em obrigações com prazo até 2021, assim como operações de facilitação de crédito de US$ 3 bilhões e US$ 1,3 bilhão.

Uma vez encerrada esta operação, a Fiat prevê aumentar em 46% sua participação no capital da Chrysler, comprando 16% do capital total por US$ 1,268 bilhão, conforme acordo anunciado em 21 de abril.

“As operações de emissão de obrigações, facilitação de crédito e o investimento de capital da Fiat devem ser encerrados ao mesmo tempo, em 24 de maio”, disse a fabricante.

Atualmente, um fundo de aposentadoria do sindicato UAW detém 59,2% da Chrysler, 30% pertence à Fiat e 8,6%, ao Tesouro americano.

Fonte: Folha Online