Chrysler pede mais encomendas de veículos

Montadora recorre à rede de concessionárias para continuar operando

Nesta sexta-feira (6), os executivos da Chrysler pediram que os concessionários de todo os Estados Unidos encomendassem mais 15 000 veículos para até a próxima segunda-feira. Trata-se do segundo pedido em duas semanas. O anterior ocorreu em 24 de janeiro, durante a convenção da NADA (National Automobile Dealers Association, sigla em inglês para Associação Nacional de Concessionários de Automóveis).

“Vocês têm duas opções. Ou nos ajudam ou nos levam para o buraco”, disse Jim Press, vice-presidente da Chrysler, no comunicado. De acordo com os executivos da montadora, 70% dos concessionários atenderam à solicitação de 78 000 unidades feita no dia 24, mas para provar sua viabilidade, a Chrysler precisa da adesão do restante de rede. Sem receber capital, a montadora não terá o empréstimo de US$ 4 bilhões (R$ 9 bilhões) confirmado, decisão que está marcada para o dia 31 de março.

Hugo Passarelli

Fonte: Terra Carro Online