Chrysler recebe US$ 4 bilhões do pacote de ajuda da Casa Branca

Montadora foi a mais atingida na crise, pois 90% das vendas são nos EUA.
O crédito menor e a fraca economia mantêm os consumidores distantes.

Do G1, em São Paulo, com informações da Agência Estado

A montadora norte-americana Chrysler recebeu na sexta-feira (2) os US$ 4 bilhões em empréstimos a juros baixos do pacote de ajuda do governo dos Estados Unidos, o que vai auxiliar a companhia a continuar financiando suas operações. “Esse empréstimo inicial vai permitir que a companhia dê continuidade a uma reestruturação ordenada, enquanto prossegue com a meta de fabricar carros e caminhões eficientes no consumo de combustível e de alta qualidade que as pessoas querem comprar”, afirmou o chairman e executivo-chefe da montadora, Robert Nardelli, em um comunicado.

Questões não reveladas sobre o processo de solicitação da Chrysler atrasaram o recebimento do empréstimo, que estava marcado para o fim de dezembro. A General Motors recebeu US$ 4 bilhões na quarta-feira (31) e deverá receber mais recursos durante os próximos dois meses. A Chrysler foi mais prejudicada do que a GM e a Ford Motor pela recessão econômica nos EUA, porque depende do mercado do país para mais de 90% de suas vendas. O crédito menor e a fraca economia estão mantendo os consumidores longe das lojas.

O acionista majoritário da Chrysler, a empresa de private equity Cerberus Capital Management, está interessado em encontrar um parceiro para a montadora. As informações são da Dow Jones.

Fonte: G1 Globo online