Chrysler teve lucro operacional de US$ 183 milhões

                                             Redação AB

O grupo Chrysler reportou um lucro de US$ 183 milhões nas operações durante o segundo trimestre. Nos primeiros três meses do ano o resultado também foi positivo, em US$ 143 milhões, surpreendendo a indústria.

“O lucro operacional confirma que o grupo está na direção certa para atingir seus objetivos” – disse o CEO Sergio Marchionne em comunicado, reconhecendo porém que há muito trabalho à frente.

É preciso levar em conta, no entanto, que houve um prejuízo líquido de US$ 172 milhões no segundo trimestre, abaixo dos US$ 197 milhões registrados no período anterior. A receita subiu 8,2%, para US$ 10,5 bilhões. No semestre, o valor sobe para US$ 20,2 bilhões.

O balanço ocorre um ano após a Chrysler sair da concordata (Chapter 11) nos Estados Unidos e estabelecer uma parceria com o Fiat Group. Desde 10 de junho de 2009, a companhia perdeu US$ 3,8 bilhões.

Marchionne disse que o lucro operacional foi obtido graças a um aumento das vendas. Globalmente, houve um avanço de 22%, para 407 mil unidades no segundo trimestre. Nos Estados Unidos a participação da marca cresceu de 9,1%, nos primeiros três meses deste ano, para 9,4% no trimestre seguinte.

A Chrysler projeta a receita líquida de 2010 US$ 40 bilhões e US$ 45 bilhões, com um cash flow negativo em US$ 1 bilhão.

Com informações do Detroit News e Automotive News.

Fonte: Automotive Business