Com boom na América do Norte, Kia cresce 17,3%

Sedã Cerato é o modelo mais vendido
da Redação

A Kia anuncia um crescimento mundial de vendas de 17,3%, com 179.200 unidades vendidas em novembro. O aumento se refere ao mesmo mês do ano passado e diz respeito a carros de passageiros (exportações, vendas domésticas e vendas de fábricas fora da Coreia do Sul), veículos de lazer e veículos comerciais. As altas foram registradas em todas as regiões.

Os aumentos foram de 43% na América do Norte (30.623 unidades vendidas), 21,9% na China (36.507 unidades), 13,9% na Coreia (44.049 unidades), 12% nos mercados gerais (35.376 unidades vendidas) – incluem as regiões da América Central e do Sul, Caribe, Ásia (excluindo China e Coreia), Pacífico, Oriente Médio e África – e 4,7% na Europa (32.645 unidades) – incluindo números da Europa Ocidental e Oriental.

No acumulado dos 11 meses de 2010, as vendas globais da Kia aumentaram 28,1% em relação ao mesmo período do ano anterior, num total de 1.908.096 unidades. Os mercados gerais e a China obtiveram os maiores ganhos em 2010, com crescimento de 49,3% (410.815 unidades vendidas) e 44,7% (320.750 unidades), respectivamente.

Todas as demais regiões apresentaram forte crescimento de dois dígitos nas vendas acumuladas em relação a 2009: 20% na Coreia (439.296 unidades vendidas), 18,7% na Europa (360.568 unidades) e 16,8% na América do Norte (376.667 unidades). O modelo mais vendido da Kia nos mercados do exterior no mês de novembro foi o Cerato, com 34.645 unidades. O Sportage e o Rio vêm em seguida, com 22.675 e 16.038 unidades vendidas, respectivamente. O Sorento ficou em quarto, com 15.820 unidades, e o Soul em quinto, com 10.704 unidades.

“Nos últimos meses de 2010, é encorajador ver o crescimento ano a ano em todas as nossas principais regiões de vendas. Além disso, estamos a caminho de ultrapassar a marca de 2 milhões de unidades vendidas globalmente”, afirma Thomas Oh, vice-presidente executivo sênior e COO da Kia Motors Corporation.

Fonte: Interpress Motor