Conceito da Nissan pode ser personalizado como uma tela em branco

 Protótipo Teatro for Dayz traz interior todo branco que pode mudar de visual e funcionalidade com a projeção de imagens
Por Alessandro Reis
A Nissan apresenta no Salão de Tóquio, que abre as portas ao público amanhã 30 na capital japonesa, um carro-conceito concebido, de acordo com a fabricante, para a geração digital, que cresceu conectada em uma era de smartphones e redes sociais. Denominado Teatro for Dayz, o protótipo de formas quadradas e quatro lugares pretende ser como uma tela em branco, personalizável ao gosto dos usuários.
Graças a uma tecnologia de projeção de imagens, os quatro bancos giratórios, os encostos de cabeça, os revestimentos das portas e parte do painel, originalmente brancos, podem receber cores e texturas virtuais, que ganham aparência e funcionalidades ao gosto do freguês. O painel e a parte traseira dos encostos, por exemplo, podem se transformar em telas para jogar videogame. A parte externa também pode ser transformada com o uso de LEDs.
Cabine é formada por quatro poltronas giratórias e não traz túnel central
Para manter o tom minimalista, maçanetas e controles convencionais, como botões, em alguns casos são substituídos por comandos de voz, como no momento de operar o sistema de som e o ar-condicionado.
Com o carro em movimento, o painel automaticamente exibe dados de navegação e as informações convencionais de painéis de automóveis, como velocidade e nível de combustível ou carga das baterias. A Nissan não informa qual seria o tipo de propulsão usada pelo conceito.
Como se trata de um exercício de criatividade, sem previsão de transformar o modelo em um carro de produção em série em um futuro próximo, a condução poderia ser autônoma, sem exigir a intervenção do motorista. Como seria de se esperar em um veículo com essas características, o Teatro for Dayz prevê acesso à internet e às redes sociais.
Fonte: Auto Estrada