Crise: Porsche diminuirá produção de esportivos

Unidade industrial de Zuffenhausen Alemanha, que fabrica os modelos Boxster, Cayman e 911 encerrará as atividades durante os finais de semana, a partir do próximo ano

Autor: da Redação
nbsp;
A crise europeia está batendo na porta da Porsche. Devido à diminuição das vendas no Velho Continente, a fabricante decidiu encerrar a produção, durante os finais de semana, de seus esportivos de dois lugares Boxster, Cayman e 911, na fábrica de Zuffenhausen, na Alemanha. As informações foram passadas por fontes sigilosas ao site Automotive News. A diminuição da jornada terá início no próximo ano.

Ainda de acordo com a publicação, a expectativa é de que as vendas da Porsche no mercado europeu sofram uma retração de cerca de 10%. Por outro lado, apesar da crise na Europa as vendas globais da marca alemã cresceram, passando para 11.688 unidades vendidas em outubro, aumento de cerca de um quarto do montante. Esta alta é reflexo do ganho de dois dígitos no volume de carros comercializados na China e nos Estados Unidos, puxado pelos modelos Panamera e Cayenne.

Devido ao bom desempenhonbsp;da dupla, a Porche não tem planos de reduzir a produção na planta de Leipzig, onde os dois modelos são fabricados. De acordo com a marca, saem das linhas de montagem desta unidade cerca de 480 veículos por dia.nbsp;nbsp;nbsp;

Fonte: Carsale