Cuba libera comércio de automóveis, proibido há 50 anos

Moradores não precisarão mais de autorização do governo pra comprar carros novos e usados

A mudança na presidência de Cuba, em 2008, têm sinalizado modificações também nas políticas do país. Se Fidel Castro levava a ilha caribenha com mão firme, seu irmão, Raúl, aparenta ter mais flexibilidade. Na última quarta-feira 18, o mandatário assinou um decreto publicado no Diário Oficial que coloca fim ao embargo da venda de automóveis

Com a mudança, os cubanos agora poderão comprar veículos novos e usados das agências estatais sem a necessidade de uma autorização do governo. Cuba ainda definirá uma tabela de preços para os automóveis, que serão taxados para investimentos em transporte público. A importação direta, no entanto, continua a ser limitada pelas autoridades locais.

Texto: Matheus Q. Pera

Fonte: Auto Diário