Cummins aumenta participação no fornecimento para caminhões

 Share da fabricante sobe de 24% em 2014 para 31% no acumulado até agosto
REDAÇÃO AB

A Cummins registra aumento de sua participação no mercado de caminhões no Brasil, embora o segmento tenha anotado queda nas vendas ao longo deste ano. A fabricante de motores diesel confirma share de 31,2% entre janeiro e agosto de 2015 contra fatia de 24,8% anotado em igual período do ano passado.Considerando os oito meses fechados do ano, do total de 49.481 caminhões licenciados, 15.438 unidades foram equipadas com motorização Cummins. Em 2014, a proporção era de 21.824 dentro de um total de 87.914 veículos comerciais pesados. Por categorias, a Cummins entregou a maior parte de seus produtos para equipar caminhões leves 60% de participação no segmento, com 8.264 unidades, seguido por semileves 52,7% no total de 1.340 unidades. Outros 2.668 motores foram para modelos semipesados 17,4% e 1.131 unidades para pesados 8,6%.Em comparação com as vendas de igual período de 2014, a Cummins obteve expressivo crescimento na categoria semileve, de 30% de participação passou a 52,7%. Na categoria leve, de 57,6% para 60%, e no médio, de 35,8% para 42,9%. Enquanto isso, houve redução em semipesados e pesados, de 20% para 17,4% e de 8,8% para 8,6%, respectivamente. Entre os dez caminhões mais vendidos, a Cummins equipa cinco modelos do ranking. Vale acrescentar que, do total dos caminhões vendidos de janeiro a agosto de 2015, 42% são do segmento leves, abaixo de 15 toneladas de PBT. A Cummins atende este mercado com três motorizações: ISF 2.8, ISF 3.8 e ISB 4.5.
Fonte: Automotive Business