Ferrari de Fangio e Moss é vendida por US$ 22 mi

ferrari

Uma Ferrari 290 MM Scaglietti pilotada por ninguém menos que Juan Manuel Fangio e Sir Stiling Moss foi leiloada por US$ 22.005.000 nos Estados Unidos. A unidade é a quarta produzida para a corrida de Mille Miglia de 1956. A especificação é a 860 Monza, uma das mais raras.

O modelo também foi usado na Targa Florio, onde terminou em quarto lugar e foi segundo na subida de montanha de Aosta-Gran San Bernardino. Ambas as corridas também na Itália e realizadas no ano de construção do carro.

Originalmente, a 290 MM saiu da fábrica de Maranello com um quatro cilindros de 3,5 litros. Em 1957, o motor foi trocado por um V12, também de 3,5 litros. Com o novo propulsor, o modelo continuou a trajetória de sucesso nas pistas ao redor do mundo. Disputou os 1.000 km de Buenos Aires, as 12 horas de Sebring e a semana da Velocidade das Bahamas de 1957.

Depois da temporada de 57, o carro deixou de participar de corridas com a equipe Ferrari e foi vendido. No entanto, continuou aparecendo em eventos de corrida. O modelo chegou a estar no Salão de Chicago de 1958. Após vários proprietários, em 2011 o modelo voltou a Maranello para uma restauração completa.

Ferrari cheia de história

Em 2015 a 290 MM apareceu no Concours d’Elegande de Amelia Island, nos Estados Unidos. Em 2016 e 2017 esteve nos museus da Ferrari em Maranello e Modena.

Uma outra 290 MM, também pilotada por Fangio, foi vendida em 2015 por US$ 28 milhões.