Projeção: Opel Insignia 2022 com plataforma EMP2 da PSA

Projeção: Opel Insignia 2022 com plataforma EMP2 da PSA

A próxima geração do Opel Insignia é esperada para 2022. A marca alemã corre para aprontar o novo carro, visto que a geração atual não está em conformidade com as próximas normas de emissão na Europa, vigentes a partir de 2021.

Substituir o carro-chefe da marca não será fácil, mas a vantagem da Opel é que ela dispõe da plataforma modular EMP2 da PSA, que já garantiu produtos muito bons, especialmente o Peugeot 508, que surpreendeu no velho continente.

Como a nova base é suficientemente expansível, inclusive até gerando comerciais leves como os Peugeot Expert e Citroën Jumpy, o próximo Insignia não ficará devendo em nada ao atual, nem mesmo em relação à suspensão traseira.

O Peugeot 508, por exemplo, trocou o eixo de torção comum nos carros da francesa pelo conjunto multibraço. Isso manterá em dia as qualidades do executivo da Opel, que provavelmente preservará sua perua.

Projeção: Opel Insignia 2022 com plataforma EMP2 da PSA

Mas, como ele será visualmente? Essa projeção da revista alemã Auto Bild, dá uma ideia. Valendo-se do estilo proposto pelo conceito GT X Experimental, o Opel Insignia deve aparecer com uma frente bem expressiva, mas bem verticalizada.

Os faróis com luzes diurnas duplas em LED trariam um pouco dos anos 80 para o luxuoso da Opel, especialmente isso reforçado com uma grade retangular ampla e quase formando um “V”, mas dotada de elementos suspensos que, dependendo da versão, poderiam ser cromados.

Com frente longa e elevada na altura do eixo, o Opel Insignia 2022 teria uma área envidraçada um pouco mais rebaixada em relação ao corpo da carroceria, chamando atenção ainda para os quebra-ventos falsos nas portas traseiras. Verticalizados, eles parecem remeter aos famosos carros da marca dos anos 80, como Kadett quatro portas e Omega.

Isso criaria um elo de ligação com o passado e ajudaria o Opel Insignia 2022 em sua proposta de ser realmente um carro realmente alemão, embora com DNA francês. A mecânica deve seguir os modelos atuais, com os Puretech 1.2 Turbo de até 130 cavalos e 1.6 Turbo com até 225 cavalos, fora a versão híbrida plug-in com 300 cavalos.

[Projeção: Auto Bild]

 

© Noticias Automotivas. A notícia Projeção: Opel Insignia 2022 com plataforma EMP2 da PSA é um conteúdo original do site Notícias Automotivas.