Depois da ItalDesign, VW pode comprar a Proton


por ALBERTO POLO JÚNIOR

A Volkswagen segue firme com o objetivo de aumentar suas vendas globais. Depois de anunciar a compra do estúdio italiano ItalDesign, de Giorgetto Giugiaro, na última terça-feira, surge agora o comentário de uma possível aliança entre dela com a Proton, fabricante malaio que é dono da inglesa Lotus.

O Satria Neo é um dos 10 modelos feitos pela malaia Proton

A informação foi dada pelo presidente da Proton, Encik Mohamad Shukor bin Ibrahim, que afirma que “o resultado das negociações com a Volkswagen será dado em duas semanas. Não quero adiantar os acontecimentos”.

A Proton está há tempos na mira do grupo alemão como forma de entrar nos mercados do sudoeste asiático, além de levar de bônus a Lotus, tradicional fabricante de esportivos. Fundado em 1983, o fabricante da Malásia tem sua linha própria de veículos, com 10 modelos.

Fonte: Interpress Motor