Em novo escândalo, filial da Mitsubishi Electric diz ter falsificado dados

    Tóquio – A Mitsubishi Electric revelou nesta quarta-feira que sua subsidiária Tokan falsificou dados de produtos de borracha que enviou sem inspeção durante pelo menos uma década, no último caso destas caraterísticas detectadas em uma companhia japonesa.

    A filial enviou produtos de borracha à prova de água e óleo sem as inspeções necessárias, incluída a de durabilidade, a um número ainda não determinado de empresas, segundo indicou a matriz em informações divulgadas por veículos de imprensa locais, como o jornal “Nikkei”.

    Os produtos não supõem risco para a segurança, apontou a Tokan.

    A Mitsubishi Electric abriu uma investigação após detectar as irregularidades e divulgará os resultados da mesma em breve.

    O escândalo de Tokan se soma a uma série de irregularidades similares cometidas por fabricantes japoneses, entre eles a Kobe Steel, a Mitsubishi Materials e o fabricante de veículos Subaru.