Empresa alemã mostra seu carro do futuro

EDAG Light Car - Open Source
Veículo elétrico emprega Leds para formar o painel e os faróis traseiros

A alemã EDAG antecipou nesta semana aquele que será o seu destaque no Salão de Genebra, em março: o EDAG Light Car – Open Source, um estudo de veículo elétrico que traz uma série de idéias inovadoras que podem ser utilizadas pela indústria no futuro.

A criatividade já começa na construção do carro. Ele é feito de fibra basáltica, um material 100% reciclável e ainda mais leve, mais barato, e tão resistente quanto os empregados atualmente, como a fibra de carbono e o alumínio, segundo a EDAG.

Outro ponto chave do conceito é o emprego dos chamados O-LEDS ou “organic LEDS”, luzes que, projetadas sobre uma superfície plana, compõe tanto o painel de instrumentos como o desenho dos faróis traseiros.

A tecnologia permite que o motorista configure o console e o painel de instrumentos à sua maneira, colocando os “botões”, como o de ar-condicionado, ou os mostradores, como o de velocidade, na posição e no tamanho que preferir, como no desktop de um computador.

Os O-LEDS também mostram versatilidade quando aplicados na traseira do veículo. Eles podem indicar a intensidade das frenagens, por meio de um gradiente, ou mesmo projetar informações na superfície translúcida para o motorista que vem atrás, como a indicação de que há tráfego intenso adiante.

Quanto à parte mecânica, o Light Car é impulsionado por motores elétricos independentes instalados nas rodas, unidades que também concentram os freios e as suspensões. Com a economia de espaço, o conceito de 4 m de comprimento acaba por ter um entreeixos de um sedã grande (2,9 m) e capacidade para cinco passageiros.

No entanto, essas vantagens levarão algum tempo para chegar ao mercado. O EDAG Light Car – Open Source é só um estudo por enquanto, mas a empresa busca parcerias para levar o projeto adiante e tornar as suas propostas uma realidade.

Felipe Tau

Imagens divulgação

Fonte: Terra Carro online