Empresa russa planeja lançar o primeiro Mustang elétrico

    Aviar R67

    Quando pensamos em Mustang, uma das primeiras coisas que vêm à mente (senão a primeira) é o ronco do motor V8. Mas tem gente pensando em Mustang diferente – para dizer o mínimo.

    A startup russa Aviar Motors planeja lançar um modelo de propulsão elétrica com visual retrô. A ideia é utilizar carroceria semelhante à do Mustang 1967, mas feita com alumínio e fibra de carbono. O modelo, denominado R67, tem faróis e lanternas de LEDs, maçanetas embutidas na porta e rodas forjadas de 20 polegadas.

    INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

    + Mustang ficou mais caro

    + Camaro reestilizado chega no começo do ano

    A propulsão é feita por dois motores elétricos, um em cada eixo. A potência chega a 840 cv, e o torque, a 98,5 mkgf, segundo a empresa. Isso faz dele um carro de tração integral. A empresa divulga que o R67 é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 2,2 segundos. A máxima é limitada eletronicamente a 250 km/h.

    Interior é futurista

    O interior está mais para Tesla do que para Ford, graças à enorme tela central de 17″ instalada na vertical, de onde se controlam várias funções do carro. O quadro de instrumentos é digital, ladeado por saídas de ar que lembram turbinas de avião, similares às do Mercedes-Benz Classe E.

    Outros itens de conforto dignos do século 21 são ar-condicionado de dupla zona, bancos elétricos com aquecimento, câmera traseira, teto solar panorâmico e chave de presença.

    Quanto à aerodinâmica, está previsto um espoiler traseiro que se eleva automaticamente acima de 120 km/h, ou quando se seleciona os modos esporte ou race. Também com o objetivo de melhorar a aerodinâmica, o fundo do carro é plano, e a suspensão a ar sobe ou desce de acordo com a velocidade.

    De acordo com a startup russa, a autonomia pode chegar a 507 km, graças às baterias de 100 kWh. A Aviar diz que o R67 é “o primeiro muscle car elétrico”. Para enfatizar isso, o carro é equipado com um sistema de som externo que simula o barulho do Shelby GT500.