Faturamento da Keko deve crescer 19% em 2014

Fabricante de acessórios prevê alta de 13% em 2015 com novos projetos

REDAÇÃO AB

Após registar alta de 20% nas vendas nos três primeiros trimestre de 2014, a Keko estima fechar o ano com faturamento de R$ 155 milhões, resultado que representará incremento de 19% sobre o apurado em 2013, de R$ 130 milhões. E para 2015 a fabricante de acessórios automotivos, com fábrica instalada em Flores da Cunha RS, espera por novo incremento, com projeção de chegar a R$ 175 milhões, crescimento de 13% em relação ao projetado para este ano.

“Mesmo com um ano restritivo e cheio de percalços conseguimos crescer acima do mercado e da indústria. Atribuímos esse resultado aos novos projetos que estavam em tratativas com as montadoras desde o ano passado e agora estão se concretizando”, avalia em nota Juliano Scheer Mantovani, diretor de mercado e inovação da Keko. “Alcançamos melhor performance também no mercado original P&A e lançamos projetos no aftermarket, como a capa de estepe K3 do Ford EcoSport, que permitiram melhor desempenho da empresa”, acrescenta.

O diretor faz diagnóstico parecido para o ano que vem: “Vamos crescer a partir de projetos novos, especialmente para as montadoras, e utilizar nossa capacidade já instalada para impulsionar os negócios e tornar a empresa mais competitiva e próxima dos clientes”, diz Mantovani.

A Keko fornece diretamente seus acessórios para Ford, General Motors, Mitsubishi, Toyota e Volkswagen; também distribui no mercado de reposição doméstico e exporta para 35 países. O portfólio de produtos inclui protetores frontais, estribos, santantônios, engates de reboque, bagageiros, capotas marítimas, protetores de caçamba, protetores de porta-malas, guinchos e faróis, entre outros itens. Em 2011, ao completar 25 anos de fundação, a empresa inaugurou a nova fábrica na Serra Gaúcha onde está instalada hoje, com 25 mil metros quadrados de área construída na cidade de Flores da Cunha.

Fonte: Automotive Business