FCA terá de pagar US$ 663 milhões em caso de emissão ilegal

FCA terá de pagar US$ 663 milhões em caso de emissão ilegal

A nuvem de fumaça ainda continua sobre alguns fabricantes de veículos que possuem o diesel como opção no mercado americano. No rastro do Dieselgate da Volkswagen, algumas marcas acabaram caindo na malha fina do governo americano que, através da EPA, em união com a CARB da Califórnia, pegaram a FCA de jeito com a emissão de óxido de nitrogênio acima do permitido.

A Fiat Chrysler lutou para esclarecer o fato e evitar uma punição, que se fosse rigorosa como no caso da VW, significaria seu fim certo. Na época, Marchionne estava a frente da montadora e tentou evitar o pior, mas agora, de acordo com a Associated Press, a empresa terá que pagar US$ 663 milhões em multas e compensações aos clientes.

O montante é devido à emissão excessiva de NOx na picape RAM 1500 EcoDiesel e em versão semelhante do Jeep Grand Cherokee. Todos os modelos, fabricados entre 2014 e 2016, usam o motor italiano VM Motori 3.0 de 240 cavalos, pois a empresa europeia pertence ao grupo. São mais de 100 mil veículos envolvidos na questão.

FCA terá de pagar US$ 663 milhões em caso de emissão ilegal

De acordo com a fonte no caso, a FCA terá que recolher US$ 311 milhões para os governos dos EUA e da Califórnia, Na conta, entram ainda mais US$ 280 milhões para compensação dos clientes lesados pela propaganda do “EcoDiesel”, bem como US$ 72 milhões adicionais para compensar outros estados americanos.

O acordo civil dos regulares federais e californianos com a Fiat Chrysler, prevê que cada cliente seja compensado em cerca de US$ 2.800. Mas, por que a FCA não pagou o pato da mesma forma que a VW? Segundo a investigação federal, a alemã sabia do software malicioso, enganava os testes do governo e fazia com que os carros poluíssem bem mais na estrada.

A FCA teria ajustado o tal software para regimes mais restritivos de funcionamento, não alterando os padrões de emissão na estrada. Ainda assim, o caso parece ter saído “barato” para a montadora, pois o Departamento de Justiça dos EUA queria uma punição mais rigorosa, com custo de US$ 4 bilhões para a empresa. O acordo atual será anunciado nesta quinta (10).

[Fonte: Associated Press]

 

 

© Noticias Automotivas. A notícia FCA terá de pagar US$ 663 milhões em caso de emissão ilegal é um conteúdo original do site Notícias Automotivas.