Ferrari 1957 de corrida pode render R$ 140 milhões em leilão

 Exemplar da 335 S Spider venceu campeonato com o piloto inglês Stirling Moss e traz motor V12 de 400 cv de potênciaPor Alessandro ReisUm exemplar de 1957 da Ferrari 335 S Spider vai a leilão no dia 5 de fevereiro em Paris, França, com a expectativa de ser arrematado por algo entre US$ 30 milhões e US$ 34 milhões de R$ 123 milhões a R$ 140 milhões na conversão direta.Originalmente, o modelo de chassi 0674 era na verdade uma 315 S com carroceria da Scaglietti. Em 1957, depois de chegar em sexto lugar em Sebring, nos Estados Unidos, e conquistar a segunda posição na prova Mille Miglia, na Itália, o cupê esportivo voltou para a fábrica de Maranello, Itália, onde foi modificado de acordo com as especificações da 335 S.Valor pode ser um dos mais altos a ser pago em leilões de carrosInstalado na dianteira, o motor V12 3.8 teve a cilindrada ampliada para 4,1 litros e a potência subiu de 360 cv para cerca de 400 cv. Naquele mesmo ano, já com os aprimoramentos, a 335 S chegou a liderar a prova de Le Mans, França, mas cruzou a linha de chegada em quinto lugar após enfrentar problemas mecânicos.Em seguida, o carro foi vendido a um empresário nos Estados Unidos e venceu em 1958 o GP de Cuba com Stirling Moss e Masten Gregory ao volante.Caso seja leiloado pelo valor pretendido, o veículo em questão será um dos carros mais valiosos a ser arrematado. Em 2014, uma Ferrari 250 Testa Rossa, visualmente bastante parecida com a 335 S, foi vendida por cerca de US$ 40 milhões R$ 164 milhões.    
Fonte: Auto Estrada