Fiat compra mais 16% da Chrysler; soma atinge 46%


Tweet Carsale – A Fiat S.p.A. elevou mais uma vez sua participação acionária na Chrysler. Um comunicado divulgado nesta terça-feira (24) confirmou a aquisição de mais 16% em ações do conglomerado americano. Com isso, a Fiat passa a ter 46% de papéis da Chrysler, podendo fechar 2011 com 51% de participação, ou seja, o controle majoritário da empresa. Para adquirir os 16% adicionais – o equivalente a 261.225 novas ações –, a Fiat teve de desembolsar US$ 1,268 bilhão, ou cerca de R$ 2,058 bilhões.

A manobra financeira só foi possível graças à quitação da dívida de US$ 7,6 bilhões que a Chrysler tinha com os governos dos Estados Unidos e do Canadá – sendo R$ 5,9 bi, para o Tesouro dos EUA, e R$ 1,7 bi, para as autoridades canadenses. A quitação, também anunciada nesta terça-feira, acontece com seis anos de antecedência, já que o prazo para o acerto de contas havia sido estipulado para 2017. O empréstimo foi concedido há dois anos e garantiu a sobrevivência da montadora de Detroit, que na época já enfrentava sérias dificuldades financeiras, e teve sua situação agravada com a crise econômica de 2008.

Em abril do ano seguinte, diante da iminência de falência da Chrysler – e do grupo General Motors –, o governo de Barack Obama anunciou um plano de resgate emergencial, que incluiria um volumoso aporte de dinheiro, além de uma parceria com a Fiat. O acordo rendeu à montadora italiana 20% do capital acionário do grupo Chrysler. Mas para quitar os débitos com os governos dos EUA e do Canadá, a Chrysler teve de levantar US$ 7,5 bi no mercado. Este valor será dividido em três linhas distintas de financiamento, com prazos de pagamento que vão até 2021.

Fonte: Carsale