Fiat pretende anunciar decisão final sobre Chrysler nesta 5ª

Dia escolhido é o último do prazo dado pelo governo dos Estados Unidos para que acordo seja anunciado

Ana Conceição, da Agência Estado

TURIM – O vice-presidente da Fiat, John Elkann, disse que a montadora italiana pretende anunciar o resultado final das negociações com a Chrysler na noite de quinta-feira, ou seja, no último dia do prazo dado pelo governo dos Estados Unidos para que um acordo seja alcançado.

Falando nos bastidores da reunião geral da Exor, holding controladora da Fiat, Elkann também disse que a Fiat pode adquirir alguns ativos e operações da Chrysler se a montadora norte-americana pedir concordata. Ele não revelou, contudo, em quais operações a Fiat estaria interessada. Na semana passada, o executivo-chefe da companhia italiana, Sergio Marchionne, disse que a empresa estaria interessada na Chrysler “como um todo”.

Nas últimas semanas, Marchionne viajou várias vezes aos Estados Unidos e ao Canadá para negociar uma possível aliança com a Chrysler. Elkann disse que Marchionne tem apoio total da Exor e acrescentou ser importante para a Fiat participar da consolidação do setor automobilístico. Além de vice-presidente da Fiat, Elkann é presidente da Exor.

De acordo com o resumo de um acordo entre o sindicato United Auto Workers (UAW) e a Chrysler, obtido pelo The Wall Street Journal a Fiat ficaria com 35% da montadora norte-americana, enquanto credores e governo dos EUA ficariam com 10%. O UAW teria participação majoritária de 55%.

Fonte: O Estado de São Paulo