Fiat Uno perderá versões para favorecer Argo

fiat-uno-2018-1 Fiat Uno perderá versões para favorecer Argo

A Fiat já fez uma mudança na gama de versões e preços do Grand Siena em virtude da chegada do Cronos, reduzindo assim a versão Attractive 1.4 para R$ 50.990, mantendo este ainda a versão Attractive 1.0 por R$ 46.690. O modelo também perde as versões Essence e Essence Dualogic para não conflitar com a novidade.

Porém, não é somente o sedã compacto que terá alterações. De acordo com o site UOL, o Fiat Uno também perderá versões. Para reduzir o fogo amigo entre os modelos, a marca italiana vai cortar versões do hatch, que assim dará mais espaço ao Argo. Atualmente, os preços entre Mobi, Uno e Argo estão bem próximos, especialmente na faixa dos R$ 55 mil, onde aparecem Mobi Drive 1.0 GSR, Uno Way 1.3 GSR e Argo Drive 1.3.

Mas, no trio, o Uno é quem mais tem chances de atrapalhar a vida do Argo, especialmente na faixa entre R$ 47 mil e R$ 63 mil. Como se sabe, por exemplo, o novo hatch não tem uma versão aventureira, o que ajuda o clássico da Fiat nesse caso. Mas nos demais, há um conflito de interesses que vai levar ao corte de opções do hatch.

fiat-uno-2018-1 Fiat Uno perderá versões para favorecer Argo

Herlander Zola, diretor de marketing da Fiat na América do Sul, disse: “Vamos fazer uma avaliação do posicionamento do Uno. Em breve teremos novidades quanto a uma faixa de preços mais apropriada para o modelo. Temos versões, com volumes pequenos, é verdade, que ficam em cima da faixa de preço do Argo. Isso não faz sentido”.

Acredita-se que com preços entre R$ 40 mil e R$ 56 mil, o Fiat Uno deverá perder as versões Sporting e Sporting GSR, que são as mais caras. Assim, o hatch fica posicionado mais abaixo e, se houver uma paridade, será mediante a aplicação de opcionais. Assim como a Volkswagen, a Fiat tem uma gama de entrada com três hatches, que acabam ficando muito próximos em preço.

Embora a diversidade seja uma vantagem para o consumidor, para a marca a desvantagem é o conflito entre os produtos, o que gera canibalização das vendas de alguns modelos. Em 2017, o Mobi emplacou 54.270 unidades, enquanto o Uno ficou com 34.165. Já o Argo, que não teve um ano cheio, ficou com 27.925 vendidos. Como se sabe, a Fiat aposta suas fichas no recente lançamento e quer vê-lo entre os mais vendidos. Em janeiro, o Argo passou o Mobi com 4.972 vendidos contra 4.679 do irmão menor. Já o Uno, muito mais distante, vendeu apenas 1.263 exemplares.

[Fonte: UOL]

© Noticias Automotivas. A notícia Fiat Uno perderá versões para favorecer Argo é um conteúdo original do site Notícias Automotivas.