Financiamento de veículos cresce 10,9% em fevereiro


da Redação

O saldo do crédito das carteiras de leasing e CDC (Crédito Direto ao Consumidor) para a aquisição de automóveis a prazo por pessoas físicas cresceu 10,9% em fevereiro, em relação ao mesmo mês do ano passado – passou de R$ 144,5 bilhões para R$ 160,2 bilhões. Esse valor representa 33,5% do total do crédito destinado às pessoas físicas pelo Sistema Financeiro Nacional. O levantamento é da Anef (Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras).

Em fevereiro o saldo total das operações de CDC registrou crescimento de 20% em comparação com o mesmo período de 2009 e alcançou R$ 97,8 bilhões. A carteira de leasing teve leve queda de 0,8% em relação a fevereiro do ano passado e encerrou o mês com saldo de R$ 62,4 bilhões.

A taxa média de juros praticada pelos bancos das montadoras associados à Anef fechou fevereiro em 1,40% ao mês (18,16% ao ano) ante 1,70% ao mês (22,42% ao ano) sobre o mesmo período do ano passado. Em relação a janeiro de 2010, a taxa de juros permaneceu inalterada.

“A indústria automobilística está em um bom momento, com perspectivas de crescimento. No segmento de financiamento automotivo, estamos seguindo a tendência do mercado e temos a expectativa de atingir um crescimento entre 10% e 15% neste ano, encerrando 2010 com saldo das carteiras de leasing e CDC num patamar entre R$ 173 bilhões de R$ 180 bilhões”, afirma Luiz Montenegro, presidente da Anef.

O plano máximo oferecido pelos bancos das montadoras, em fevereiro, foi de 80 meses, sendo que a média optada pelos consumidores foi de 43 meses. Se comparado a fevereiro do ano passado, o plano máximo ficou em 60 meses e a média em 40 meses. A inadimplência acima de 90 dias para as operações de CDC fechou o mês em 4,2%. Esse índice apresentou queda de 0,7% em comparação a fevereiro de 2009 quando estava em 4,9%.

Fonte: Interpress Motor