Ford americana contrata e diminui terceirização


Invertendo a tendência de terceirização de processos de produção que há anos vem sendo seguida pela indústria automobilística em todo o mundo, a Ford americana está voltando a realizar em suas fábricas trabalhos anteriormente feitos por fornecedores externos.
A empresa anunciou a contratação de 635 funcionários adicionais em nove fábricas até 2012. O número soma-se aos 1.559 postos de empregados horistas previstos num acordo da Ford com a United Auto Workers, sindicato dos empregados na indústria automotiva americana, entre 2007 e 2011.

O anúncio abrirá oportunidade de retorno para empregados “encostados” durante a última crise financeira americana, bem como para a contratação de novos funcionários, com salários menores. A empresa afirma, também, que o número de vagas poderá ser ainda maior, dependendo da evolução de suas vendas.

Entre os trabalhos que eram terceirizados e passarão a ser feitos internamente estão a produção de peças estampadas para carrocerias, montagem de bancos de baterias para carros híbridos e montagem de conjuntos de tetos solares.

JM

Fonte: Auto Estrada