Ford aumenta produção do motor 1.0 EcoBoost

Participação do três-cilindros turbo cresce na gama de veículos da montadora

REDAÇÃO AB

A Ford aumentará a produção do motor de três cilindros EcoBoost 1.0 para atender a demanda europeia, elevando a capacidade da fábrica de Colônia, na Alemanha, para mil unidades por dia. Nos oito primeiros meses de 2013, os veículos equipados com esse propulsor tiveram aumento de participação nas vendas totais da Ford. Segundo a fabricante, a motorização responde por 44% do mix do compacto B-Max e também está presente em 32% das vendas do Focus, 26% do Fiesta e 24% dos C-Max e Grand C-Max.

Um segundo turno foi criado no setor onde é feito o pequeno motor, que tem quatro válvulas por cilindro, turbo e injeção direta de gasolina. Este ano a capacidade passa de 100 mil para 165 mil unidades anuais e chegará em 200 mil em 2014. O EcoBoost 1.0 será oferecido futuramente nos modelos Transit Connect, Transit Courier, Tourneo Connect, Tourneo Courier, Novo Mondeo e EcoSport, além do Focus. E já faz parte de veículos que estão sendo lançados em outros mercados globais, como os EcoSport indiano e chinês e o New Fiesta na América do Norte. A fábrica da Ford em Camaçari também se prepara para produzir o motor de três cilindros, que estará, num primeiro momento, em uma nova linha de carros pequenos.

No Brasil, contudo, foi a Volkswagen que largou na frente dessa corrida pela produção de motores menores e mais eficientes. Sua fábrica de São Carlos já produz o motor EA 211 de três cilindros, que equipa o Fox 1.0 BlueMotion e estará também no compacto Up!

Fonte: Automotive Business