Ford deve reduzir participação na Mazda, diz jornal


Carsale – O grupo Ford, atualmente o maior acionista da Mazda, deve reduzir drasticamente sua participação na montadora japonesa. De acordo com o diário econômico Nikkei, a Ford pretende diminuir o volume atual de ações da Mazda de 11% para 3%, ou menos. Ainda segundo o jornal, os papéis da Ford interessariam ao conglomerado financeiro Sumitomo e outras empresas com estreitos laços comerciais com a fabricante nipônica.

Em um comunicado distribuído à imprensa, a Ford classificou a notícia como pura “especulação”, desmentindo as intenções de venda. Na nota, a Ford declarou que a “participação da Ford na Mazda permanece inalterada”. “A Ford continua a ter uma estreita relação estratégica com a Mazda e vamos cooperar em áreas de interesse mútuo. Nós não temos nenhum comentário adicional sobre essa especulação”.

A Ford detém cerca de 195 milhões de ações da Mazda, totalizando cerca de 42 bilhões de ienes, ou US$ 515,6 milhões, em cifras atuais. Mas a decisão de transferir do controle da Mazda teria partido da própria montadora japonesa. Executivos da Mazda teriam solicitado ao Sumitomo Mitsui Banking Corporation, principal credor da montadora, além de outras empresas do grupo Sumitomo, que comprassem as ações da Ford. O grupo Ford tornou-se acionista da Mazda em 1979, após adquirir 25% das ações da empresa. Em 1996, a Ford elevou sua participação em 33,4%, passando a assumir a gestão da Mazda.

Fonte: Carsale