Ford Edge é difícil de encontrar nas concessionárias


Com poucas unidades importadas, versão Limited não está disponível

Luiz Felipe Orlando

O novo Ford Edge começou a ser vendido no fim do ano do ano passado e, segundo a Fenabrave, já tem mais de 257 unidades emplacadas no país. Mas há relatos de clientes com dificuldades de encontrar o modelo nas concessionárias do país. A começar pela estratégia definida pela montadora, que selecionou apenas uma loja de cada capital para comercializar o modelo com exclusividade. Ainda assim, quem procura pela versão topo de linha Limited não encontra a pronta entrega, mas apenas com um prazo que varia de 30 a 90 dias.

Ao fazer uma pesquisa pelas concessionárias de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, encontramos a versão de entrada SEL (R$ 122.100) disponível para pronta entrega. Eram poucas unidades: na Caoa Autonomistas, em Osasco, haviam três. Na BH For, em Belo Horizonte, apenas uma unidade estava disponível.

Com a versão Limited (R$142.610), a mais completa, tivemos um pouco de dificuldade. Em algumas concessionárias a fila de espera era grande. Em São Paulo, a previsão não era animadora: 90 dias até o carro, que vem do Canadá, desembarcar por aqui. Mesmo prazo prometido pela BH For. Em Recife os vendedores forma mais otimistas, o carro chegaria, no máximo, em cinco semanas. No Rio o prazo variava de 30 a 60 dias, e em Salvador não havia previsão.

A principal aposta da Ford no novo Edge está justamente no pacote de itens para a versão Limited, que inclui partida sem chave, painel com tela de LCD de 8″, câmera de ré, detector de ponto-cego, ajuste eletrônico dos bancos com função de memória, sensor de chuva, abertura automática do porta-malas e rodas liga-leve de 20″.

Fonte: Auto Esporte