Ford Explorer 2011 terá Curve Control


Componente atua como extensão do controle de estabilidade e freia o veículo em curvas perigosas

Márcio Murta

A Ford divulgou as primeiras informações sobre o novo controle de estabilidade que estreará no Explorer 2011. Chamado de Curve Control (controle de curva), o equipamento atua como uma extensão do ESP comum. Além de realizar frenagens individuais em cada roda para manter a trajetória do SUV, quando este excede a sua aderência, o sistema freia de modo controlado as quatro rodas do veículo, diminuindo sua velocidade e o distanciando de seu limite de tração.

“Muitos acidentes ocorrem porquê os motoristas menosprezam a velocidade que estão entrando em curvas na entrada e saída de estradas”, disse Sue Cischke, vice-presidente do grupo de Engenharia de Segurança e Sustentabilidade da Ford. “A tecnologia Curve Control reconhece uma situação potencialmente perigosa, inibe a potência do motor e aplica os freios mais rapidamente do que a maioria dos motoristas consegue realizar por conta própria”, completou Sue. De acordo com a marca, cerca de 50.000 acidentes ocorrem por ano somente em rotatórias de entrada ou saída de estrada, nos Estados Unidos.

Para que atue efetivamente e consiga reduzir a velocidade do Explorer em até 16 km/h a cada segundo, dependendo das condições de aderência e do tipo de curva, o aparelho conta com sensores que medem a inclinação da carroceria, a diferença de velocidade entre as rodas, além de analisar da velocidade do automóvel. Durante todo o funcionamento do utilitário esportivo, o sistema avalia 100 vezes por segundo o quanto o motorista está virando a direção e a mudança de curso do automóvel, de modo a avaliar um possível deslizamento.

A Ford ainda não divulgou quais modelos receberão o item futuramente.
Fonte: Terra Carro Online