Ford Fusion: futuro é nomear um novo crossover nos EUA

    Ford Fusion: futuro é nomear um novo crossover nos EUA

    De acordo com o site Bloomberg, a Ford tem planos para o nome Fusion, mas apenas para isso, pois o sedã grande atual não existirá na próxima década. Como já se sabe, é claro, a montadora americana decidiu cortar do mercado americano (e ocidental) os produtos que não sejam crossovers, SUVs, picapes e esportivos, no caso apenas o Mustang.

    Com isso, o Fusion deve existir como um sedã somente no mercado chinês, onde a terceira geração – que foi interrompida em seu desenvolvimento nos EUA – deve continuar junto com Focus, Fiesta, Taurus e o Escort. Mas e na “América”? Segundo a informação, partida de duas fontes anônimas da Ford, o nome será usado por um crossover derivado de perua ou que se pareça com tal.

    Comenta-se que o produto seria feito sobre a mesma plataforma do Fusion e seu alvo seria a Subaru Outback, que é derivada da perua Legacy. Pela descrição, se a Ford quisesse fazer isso agora, encontraria na familiar europeia Mondeo SW a opção ideal, pois tem mesmo porte e simplesmente não causaria estranheza nos clientes por ter o mesmo estilo que o sedã americano.

    Ford Fusion: futuro é nomear um novo crossover nos EUA

    Segundo um distribuidor Ford nos EUA, a marca gastou “centenas de milhões de dólares” no nome Fusion e só por isso vale a pena mante-lo. A indicação de um crossover derivado de perua só pode significar que o Mondeo terá uma quarta geração. Mas isso não significa que os europeus devam comemorar, pois o produto também é fabricado na China.

    Por ora, a produção espanhola está assegurada, assim como a mexicana. Se o Mondeo continuar na Europa, provavelmente tomará o caminho do estilo fastback ou manterá o atual liftback (com tampa traseira integrada), a fim de enfrentar produtos como Kia Stinger, Volkswagen Arteon e Peugeot 508. Como este último exibiu recentemente uma perua e é grande o rumor sobre uma Arteon Variant, sem contar uma familiar do coreano, então a Ford não teria problemas em trazer uma nova geração de sua perua grande.

    Isso permitiria a exportação do “Fusion” – que já foi uma minivan-crossover na Europa – para o mercado americano nesta versão com apelo para o fora de estrada, obviamente com motor 2.0 ou 2.7 EcoBoost e tração nas quatro rodas. O produto seguiria o mesmo caminho do Focus Active, versão aventureira do hatch médio da nova geração, que será vendido nos EUA. As chances desse Mondeo ou Fusion chegar ao Brasil seriam maiores devido à ausência do sedã mexicano.

    [Fonte: Bloomberg]

     

    © Noticias Automotivas. A notícia Ford Fusion: futuro é nomear um novo crossover nos EUA é um conteúdo original do site Notícias Automotivas.