Ford paga US$ 4 bilhões e reduz dívida nos Estados Unidos


Fabricante paga US$ 3,8 bilhões ao fundo sindical dos ex-trabalhadores.
Empresa afirma que reduziu débito em US$ 7 bilhões no último trimestre.

Do G1, em São Paulo

A Ford afirmou nesta quarta-feira (30) que está reduzindo sua dívida em US$ 4 bilhões, um sinal que a segunda maior fabricante norte-americana continua confiante em sua recuperação apesar da crise que enfrenta a indústria nos Estados Unidos.

De acordo com a montadora, US$ 3,8 bilhões serão pagos para o fundo sindical dos trabalhadores aposentados (UAW), reduzindo sua dívida com a entidade para US$ 3,6 bilhões. Com o pagamento, a Ford afirma que reduziu seu débito em US$ 7 bilhões no trimestre, economizando US$ 470 milhões em juros por ano. No final do primeiro trimestre, a Ford tinha US$ 34 bilhões em dívidas, montante que deverá cair para US$ 27 bilhões.
saiba mais

As vendas da Ford já subiram 30,3% este ano, quase o dobro do ganho total das vendas da indústria. O novo plano do presidente da empresa, Alan Mulally de gerar caixa para a montadora ajudou a a fabricante a arrecadar US$ 2,7 bilhões em 2009, após três anos de perdas. Mulally disse que a montadora será “solidamente rentável” este ano.

“Nosso plano para crescer lucrativamente é trabalhar, e estamos cada vez mais confiante sobre o nosso futuro”, disse Mulally, em comunicado. “Esperamos continuar a melhorar nosso balanço patrimonial para cumprir o nosso plano.”
Fonte: G1 Globo Online