Ford tem prejuízo de US$ 129 milhões durante o terceiro trimestre

da Efe
da Folha Online

A fabricante americana de automóveis Ford Motor anunciou nesta sexta-feira que teve um prejuízo de US$ 129 milhões durante o terceiro trimestre do ano e que será obrigada a reduzir seus custos trabalhistas diante da diminuição das vendas de automóveis no mundo todo.

A Ford informou também que reduzirá 10% das despesas de pessoal de escritório na América do Norte.

Na segunda-feira (3), a empresa informou que registrou uma queda de 30% (para 132.248 veículos leves) em suas vendas no mês passado. Outras montadoras nos EUA tiveram quedas de vendas: a japonesa Toyota registrou um declínio de 23% (foram 152.101 unidades de veículos leves) em relação ao mesmo mês de 2007. As vendas da Chrysler, por sua vez, recuaram 24,5%, da Mercedes, 34,3%, e da Porsche, 50,1%.

A General Motors registrou uma queda de 45% em suas vendas nos Estados Unidos em outubro, o qual considerou o “pior mês” para suas atividades nos últimos 25 anos.

No Brasil, a Ford anunciou na terça-feira (4) que funcionários de suas três unidades no Brasil –Camaçari (BA), São Bernardo do Campo e Taubaté (SP)– terão suas férias coletivas antecipadas devido à desaceleração das vendas de carros e caminhões.

Inicialmente, as férias dos 8.800 trabalhadores de Camaçari (região metropolitana de Salvador) estavam programadas para 24 de dezembro a 2 de janeiro. Com a decisão da empresa, os funcionários começam o recesso em 10 de dezembro (turno da noite) e em 11 de dezembro (turnos da manhã e tarde) e voltam às atividades somente em 5 de janeiro.

Em São Bernardo, o período de descanso envolve os funcionários da produção de caminhões e será de 15 de dezembro a 2 de janeiro de 2009. Pela programação anterior da empresa, as férias deveriam acontecer entre 22 de dezembro e 2 de janeiro. Os sábados de produção também foram cancelados até o final do ano.

Em nota, a Ford diz que pode adiar a data para o início do segundo turno de produção em São Bernardo. ´Em função da necessidade de ajuste de produção à demanda, a data de início do segundo turno de produção prevista para janeiro de 2009 será redefinida de acordo com a evolução do mercado´, diz o texto da empresa.

Além da Ford, outras três montadoras –Volkswagen, Fiat e GM já anunciaram férias coletivas. Na Volks, cerca de 1.900 trabalhadores da fábrica de São José dos Pinhais (PR) suspenderam ontem as atividades e somente retornam no dia 19.

Fonte: Folha online