Ghosn, da Renault-Nissan, prevê mais consolidação


O executivo-chefe do grupo Renault-Nissan, Carlos Ghosn, afirmou que o setor automobilístico provavelmente vai continuar se consolidando, embora essa consolidação possa não envolver fusões e aquisições tradicionais.

Falando durante evento no Conselho de Relações Externas, em Nova York, Ghosn disse que uniões no setor podem não ocorrer no sentido “clássico”. No entanto, as montadoras terão de encontrar meios para juntar reservas e compartilhar tecnologia. O setor global pode não conseguir continuar com o mesmo número de players, disse o executivo.

Ghosn citou montadoras na Índia que têm desenvolvido tecnologia para produzir carros mais baratos, uma área na qual as concorrentes do Ocidente têm ficado para trás. “Nós perdemos esse instinto”, afirmou. As informações são da Dow Jones.

Fonte: Danielle Chaves, Agência Estado.

Fonte: Automotive Business