GM comemora 10 anos da fábrica de Gravataí (RS)


por ALBERTO POLO JÚNIOR

A General Motors do Brasil comemora hoje (20) os dez anos da unidade de Gravataí (RS). Responsável pela produção dos modelos Celta e Prisma ao ritmo de 880 unidades por dia, a fábrica já colocou 1.463.646 veículos nas ruas e deve atingir a marca de 1,5 milhão em setembro.

Prisma e Celta são produzidos atualmente em Gravataí (RS)

Quando inaugurada, a fábrica de Gravataí inovou por descentralizar a produção de automóveis. Até então, todas as unidades da GM – e de quase todas as outras montadoras – ficavam no Estado de São Paulo. A nova fábrica demandou um investimento de US$ 600 milhões na ocasião.

Outra novidade foi o Complexo Industrial Automotivo de Gravataí (CIAG) que, além da planta da GM e seu complexo administrativo, abriga 17 sistemistas que fornecem componentes para a montadora, tornando mais eficiente e barata a produção dos veículos.

Depois de aumentar a capacidade de fabricação entre 2005 e 2006 para o lançamento do Prisma, hoje a GM prepara o segundo ciclo de expansão de Gravataí. Será investido um total de R$ 1,4 bilhão para modernizar e aumentar a produção dos atuais 230 mil para 380 mil unidades anuais.

Isto se deve ao lançamento de uma nova família de veículos no país, o projeto Onix, composto por dois modelos. A previsão para o término da ampliação é o primeiro semestre do próximo ano e, quando estiver em plena capacidade de operação, a fábrica gaúcha será responsável por 50% da produção de veículo da GM no Brasil.

Fonte: Interpress Motor