GM congela salários na Opel e Vauxhall


Carsale – Para reduzir as despesas em 265 milhões de Euros, a General Motors anunciou na última sexta-feira (21) que irá congelar pelos próximos dois anos os salários dos funcionários da Opel e Vauxhall. A medida contou com o consenso dos sindicatos de trabalhadores na Alemanha e no Reino Unido, países-sede das divisões européias, respectivamente. Ambos assinaram acordos concordando com o congelamento dos salários até 2012.

A decisão de congelar os salários na Opel e na Vauxhall é parte do plano de reestruturação das bandeiras. De acordo com a GM, o projeto de reabilitação das empresas vai custar 1,9 bilhão de Euros. A montadora norteamericana já pediu aos dois países, onde estão instaladas as fábricas, uma “pequena” colaboração de 1,8 bilhões de Euros. A GM também já anunciou um corte de 8,3 mil postos de trabalho na Opel e Vauxhall, total que representa 16,6% dos cerca de 50 mil empregados.

Fonte: Carsale